Notícia

31/01/2014

O gosto e a cara do verão.

Por:  Zero Hora - RS

Às vezes, dá vontade de entrar em um pote de sorvete e ficar lá até o verão acabar. Para quem anda se sentindo assim, uma novidade e dois clássicos de Porto Alegre são as dicas para aliviar o calor infernal dos próximos dias. De quebra, duas receitas para fazer em casa. A felicidade pode ser gelada.

De receitas inesperadas à ressurreição de clássicos, o verão é a época do ano mais propícia para saciar a gula e matar o calor com um bom gelado.

A criatividade não cessa. Basta o termômetro disparar e eles tomam conta de nosso inconsciente coletivo. Em taças, copinhos ou bufês, novos ou radicais, os sorvetes estão por todos os lados.

A multiplicidade de sabores desafia os limites do paladar. Temperos e ingredientes outrora restritos à culinária de forno e fogão ganharam fórmulas geladas que chegam à mesa com promessas de maior frescor e múltiplos prazeres.

Até versões salgadas servidas com saladas já aparecem naturalmente entre nós. Imagine um sorvete de amoras, tinta de lula e bacon crocante. Pois a combinação idealizada pela brasileira Marcia Garbins, de São Paulo, mal foi lançada e já abocanhou prêmio na Itália, a terra do sorvete.

Indiferentes ao exotismo, há sorveterias em Porto Alegre que se mantêm no mercado com um público cativo, conquistado por componentes imbatíveis: afetividade e simplicidade.

É o caso das tradicionais Stella Alpina e Banca 40, que seduzem e encantam várias gerações. Entre as novidades garimpadas na capital gaúcha, a Feito com Sorvete causou comoção total com seu bombom de sorvete. Uma delicia arrebatadora como o verão.
 
Fonte: ClipEx

PUBLICIDADE

Anuncie aqui